Como o município é capacitado

Ao longo da edição, o UNICEF e seus parceiros promoverão um conjunto de atividades formativas (presenciais e à distância), com o objetivo de apoiar os municípios na realização das ações propostas pelo Selo UNICEF e na qualificação das políticas públicas para crianças e adolescentes.

Entre 2017 e 2020, serão realizados encontros formativos que abordarão temas relacionados à metodologia do Selo UNICEF e ao fortalecimento da gestão municipal e serão voltados prioritariamente a Articuladores(as), secretários(as) e técnicos(as) municipais, Conselheiros(as) de Direitos da Criança e do Adolescente e adolescentes dos núcleos de Cidadania de Adolescentes.

O UNICEF vai disponibilizar orientações de especialistas em saúde, educação, assistência social, proteção e garantia dos direitos, cultura, esporte, comunicação, entre outras áreas dos direitos da infância e adolescência.

O Selo UNICEF na agenda do município

É fundamental articular o cronograma de atividades do Selo UNICEF com o calendário do município e demais datas relativas aos direitos da criança e do adolescente. Isso ajuda a evitar a coincidência com grandes eventos (como, por exemplo, as eleições) e fortalece ações de mobilização social, como as que marcam o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil (12 de junho) e o Dia da Consciência Negra (20 de novembro). Nas atividades de capacitação do Selo UNICEF, serão abordados outros conteúdos sintonizados com a agenda do município.